Spotify fica sem música de Neil Young oficialmente

spotify-se-queda-sin-la-musica-de-neil-young-de-manera-oficial

Ontem, uma ameaça ao Spotify ganhou as manchetes de centenas de meios de comunicação. O renomado cantor canadense Neil Young exigiu que o Spotify removesse todas as suas músicas hospedadas na plataforma, considerando que o referido serviço permite que informações antivacinas sejam divulgadas por meio de seus conhecidos podcasts.

O problema decorre do conteúdo criado por Joe Rogan, ex-comediante e atleta que assina um dos podcasts mais ouvidos do Spotify, que em mais de uma ocasião foi acusado de fornecer informações errôneas sobre a vacina Covid-19.

Neil Young canta a guerra: “Spotify está espalhando informações falsas sobre vacinas”

A questão que gerou todos os tipos de opiniões conflitantes agora parece ter encontrado uma solução que certamente desagrada os seguidores de Young, mas que já era um passo que estava previsto.

Nas últimas horas, o Wall Street Journal relatado que o Spotify estava “no processo” de retirar a música do artista canadense, após a grande pressão exercida pelo já citado ator no Spotify.

O que o Spotify perde e o que ganha

Agora esta informação foi confirmada pelo Spotify através de um comunicado de imprensa enviado a vários meios de comunicação em que a plataforma “lamenta a decisão de Neil de retirar a sua música” alojado no serviço que lidera o streaming de música a nível mundial.

“Queremos que todo o conteúdo de música e áudio do mundo esteja disponível para os usuários do Spotify. Isso traz uma enorme responsabilidade em equilibrar a segurança dos ouvintes e a liberdade dos criadores. Temos políticas de conteúdo detalhadas e removemos mais de 20.000 Episódios de podcast relacionados ao COVID desde o início da pandemia. Lamentamos a decisão de Neil de remover sua música do Spotify, mas esperamos recebê-lo de volta em breve.”

A verdade é que esta decisão era óbvia. Embora Neil tenha marcado uma época, é verdade que seu momento de glória foi décadas atrás e seu impacto no streaming, embora não seja ruim, está longe das reproduções que Rogan consegue alcançar, mesmo com toda a polêmica.

Chartmasters.org coloca para Young como o artista de transmissão número 776 no serviço, com 1,49 bilhão de reproduções, uma boa audiência, mas que permanece na tela diante do público que Rogan é capaz de atrair.

O podcast de Rogan é o número um na plataforma com cerca de 11 milhões de visualizações. Não é à toa que o Spotify comprou os direitos exclusivos desse criador em um acordo que supostamente vale pelo menos US$ 100 milhões.

Total
0
Shares
Previous Post
meta-diria-adios-a-diem-la-criptomoneda-de-facebook-que-queria-revolucionar-el-mercado

Meta se despediria de Diem, a criptomoeda do Facebook que queria revolucionar o mercado

Next Post
china-dice-que-si-a-los-nfts-y-al-blockchain-aunque-siempre-que-este-bajo-el-control-del-gobierno

China diz sim para NFTs e blockchain, embora esteja sob controle do governo

Related Posts